C R Í T I C A S

“Tímida mas espectacular, ela [Ana Telles] levou o piano a outro patamar, interagindo soberbamente com os sons do computador.”

Pedro Boleo, Público (Lisboa), 17/06/2009

“Ana Telles é uma grande pianista. [...] Com uma preparação excelente e um conhecimento apurado da música que ia tocar, Ana Telles ofereceu aos espectadores quatro momentos intensos e valiosos no auditório do Instituto Franco-Português.

A forma de tocar de Ana Telles fugiu a toda a produção normalizada – de linguagem empobrecida – de alguma música contemporânea. A sua interpretação nunca foi redutora, compreendendo bem as “linguagens” dos compositores, mas não as reduzindo a uma só forma de expressão ou a um “estilo”. Ana Telles não se ficou pela primeira impressão – foi tirar as coisas a limpo, foi ao fundo das questões que as peças colocavam, à procura do peso, da dinâmica, dos ataques e dos gestos certos que pediam as partituras – e encontrou.

[...] Estendendo ou comprimindo o tempo, In tempore [de João Pedro Oliveira] abre um enigma que a intérprete percorreu e desvelou com enorme precisão e sensibilidade.

Há pequenos acontecimentos que são muito preciosos. Foi o caso deste concerto com um muito bom programa de música contemporânea, e com os ataques rigorosos de Ana Telles, uma pianista brilhante.”

Pedro Boleo, Público (Lisboa), 12/05/2009

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Foto: Manuel Luís Cochofel

ANA TELLES

piano

© 2015 Ana Telles

  • w-facebook